❤ Eu Não Posso Te Esperar Eternamente | Crônica

.................................................................................................
Foto: Pexels
Desculpe-me, mas eu não vou te esperar por mais tempo. Na verdade, eu nem posso! Já esperei demais. Mais do que deveria na verdade. Não me leve a mal, mas a verdade é que não temos todo o tempo do mundo. EU não tenho todo o tempo do mundo para investir na falta de reciprocidade.


Não posso esperar eternamente que seus olhos me notem, nem que eles brilhem ao encontrarem os meus. Já não posso esperar que abaixe os muros e deixe que me aproxime. Também não posso esperar que finalmente queira me chamar para um encontro.

Já não quero  esperar que converse comigo sem parecer  tão distante e inatingível, como se quisesse estar em outro lugar. Nem quero esperar o dia que magicamente irá notar os sinais que lhe dou. Não quero mais esperar que seu sorriso se ilumine um pouco mais do que já é ao ser direcionado especialmente a mim.

Não posso mais esperar que o sentimento que senti sozinha me seja devolvido e retribuído como entreguei a ti. Não posso! Não quero! E nem vou... Então com licença, estou o pegando de volta.

Fala sério! Isso é tão platônico!

Não me compreenda mal, não quero te eleger o vilão da história (talvez como o personagem um pouco insensível, mas não como o vilão). Você realmente é uma pessoa que vale a pena! Mas não mais para mim. Porque eu não posso mais te esperar. Quando encontrar alguém que retribuas o sentimento, direi a ela que você vale a pena (só não a faça esperar demais sim?).

Até lá estarei invicta aos seus efeitos. Sim, eu há um tempo desisti de gostar de você. Mas está tudo bem. Meu coração se encontra bem com isso.
Porque posso esperar, quero esperar, por alguém que não me faça esperar “eternamente”. Mas que me faça sentir que posso ama-lo  como se tivesse todo o tempo do mundo!


Por esse alguém, eu posso e quero esperar... 



                                                                Stefany Costa 

2 comentários: